re-Discoveries, 2012
Residência Portugal
Museu do Traje e Museu de Arte e Arqueologia de Viana
Projeto em parceria com Rachel Cohen

“re-Discoveries” foi um projeto de residência artística realizado em 2012, em dois museus, na Inglaterra e em Portugal, em parceria com a artista britânica Rachel Cohen. Em Viana do Castelo, onde as artistas ficaram duas semanas em residência, o trabalho criado relacionou-se às coleções de trajes e ferramentas do Museu do Traje, numa reflexão sobre o trabalho manual envolvido na produção das artes têxteis. Os objetos bordados no bolso dos aventais, CANGA/YOKE, são, respectivamente, o ripo, usado por homens para separar a semente do linho e a lançadeira, usada pelas mulheres para tecer. Os aventais possuem caudas e estão amarrados um ou outro como um símbolo tanto da dura natureza do trabalho manual quanto dos bons frutos de se trabalhar em conjunto.