Arqueologia de curta duração, 2019
Museu de Arte de Brasília
Residência Obra-Arquiva MAB

“Arqueologias de curta duração”, trabalho desenvolvido durante a residência artística Obra-Arquiva MAB, realizado no canteiro da obra de reforma do Museu de Arte de Brasília, entre agosto e setembro de 2019, consistiu de uma exposição site specific para o subsolo do MAB, onde futuramente funcionará a reserva técnica do museu. Trabalhando a partir de restos de materiais encontrados no meu ateliê, inclusive mobiliário, recriei o ambiente de uma exposição nas paredes e chão do espaço ainda em obras, onde a pintura e a escultura comparecem como um “negativo”, onde vitrines, prateleiras, caixas e molduras vazias, usadas como parte da estrutura expositiva, são exibidas como objetos de arte per se. Para a abertura da exposição, foi organizada uma festa com a participação especial dos artistas em residência Yana Tamayo (texto de abertura e som), e Mário Jardim – performance das máquinas de pipoca. Participaram como convidados da “vernissagem” os operários e engenheiros da obra, além dos artistas em residência.